05/02/18 - Crônica - "Gestão municipal e seus extremos" - Por Adm. Oliveira Filho

Montagem com imagens disponíveis na internet para livre download
Quais dentre esses dois exemplos que leremos a seguir desejamos para nosso país? O que temos feito para isso?

Voltar

NEP-MA, São Luís, Maranhão, Brasil

Em um grupo de amigos, conversávamos sobre gestão municipal, com todos falando ao mesmo tempo. Amplas e variadas eram as argumentações e entendimento de cada um.

Em um determinado momento afirmei que para o sucesso de uma gestão municipal se faz necessário no mínimo um tripé: alto nível de educação dos munícipes; continuidade de gestão na busca da excelência e comprometimento dos gestores eleitos ou não com sua comunidade.

Minha amiga Rosa, profunda conhecedora de gestão pública, concordou comigo e acrescentou que o inverso era verdadeiro para o insucesso. Faz todo sentido.

Dito isso, para substanciar seu entendimento ela compartilhou uma experiência profissional recente, vejamos:

- “Fui indicada a um prefeito para ajudá-lo na reorganização de sua gestão. Era um município de aproximadamente 40 mil habitantes, com um dos mais baixos IDH do país”.

Por profissionalismo não deu mais nenhuma informação, impossibilitando-nos a identificação do tal município, e continuou a relatar sua experiência:

- “No primeiro momento fui apresentada em reunião ao corpo de secretários e colaboradores diretos; dezenove assinaram a folha de presença, onde por ele foi explicado meu papel. Durante cinco dias conversei com parte significativa desses secretários, procurando perceber deles, enquanto gestores municipais, seus entendimentos, frustações, anseios e sugestões de melhorias e alinhamento gerencial, assim como identificar suas demandas importantes e as urgentes, seus relatórios gerenciais do ano anterior, seus respectivos planos de ações e de trabalho para o ano iniciado. Nas conversas, comecei o mapeamento dos stakeholders com seus pesos e contra pesos. Informações básicas para formar meu entendimento e diagnóstico da gestão em curso, base para iniciar meu trabalho”.

Resumo da experiência da Rosa: nível baixíssimo de educação dos munícipes; a completa falta de princípios básicos de gestão e comprometimento zero dos gestores eleitos ou não com sua comunidade. Os stakeholders, principalmente os das forças políticas, completamente desconectadas com o cidadão, visando tão única e exclusivamente seus interesses pessoais a serem atendidos de uma forma ou de outra pelos recursos de toda ordem do executivo municipal. Sua constatação é que esse prefeito será afastado em definitivo.

Esse exemplo estaria dentro de um percentual baixo ou alto no que é praticado no Brasil, por gestores municipais? E os CASE de sucesso existem a substanciar o meu tripé: alto nível de educação dos munícipes; continuidade de gestão na busca da excelência e comprometimento dos gestores eleitos ou não com sua comunidade? Existem sim e não são poucos.

Então relatei minha impressão e entendimento de ser possível a existência desse tripé, e dei como exemplo o sucesso das gestões das cidades que compõem a região da serra gaúcha.

Neste final de ano, por dez dias tive a grata experiência de conhecer Nova Petrópolis, Canela e Gramado. Região de natureza de beleza ímpar. Se juntarmos fisicamente as três cidades, formaremos uma com diferenças mínimas em seus vários aspectos. Entre elas existem muito mais aspectos positivos comuns do que díspares.

Não tive a oportunidade de conhecer por dentro a gestão de nenhuma dessas cidades, como Rosa teve na dela, porém, visível e palpável os resultados delas. Vejamos: limpeza das vias, pintura e sinalização das mesmas. Praças, jardins e a urbanização das ruas impecáveis. Percepção de ambiente seguro para se andar com a família, a mais completa ausência de vendedores ambulantes e pedintes. Iluminação pública e sinalizações das ruas perfeitos. Sistema de estacionamento conhecido como Zona Azul à disposição, funcionando sem atravessadores e sem necessidade de contato com ninguém. Só vendo pra crer. E se você acha que o respeito às faixas de pedestres em Brasília é a melhor do Brasil, é por que não conhece essas três cidades.

Quais dentre esses dois exemplos desejamos para nosso país? O que temos feito para isso?

Por: Adm. JOSÉ PEREIRA DE OLIVEIRA FILHO 0296 MA

Data de Publicação: 
segunda-feira, 5. Fevereiro 2018 - 8:46
Núcleo Estadual: