20/02/17 - Crônica: Transforme o mundo - Por Renata Braga

Renata Braga, blogueira do http://ametaeserfeliz.com.br/
Acontecimentos desde a infância até hoje foram nos transformando nas pessoas que nos tornamos: caráter, comportamentos, valores, medos, traumas, entre outros.

Voltar

2017 já começou e se você quer um ano diferente, ou melhor dizendo, uma vida diferente, precisa parar para se questionar e fazer vários diálogos consigo mesmo! Sim, parece até bobagem! Mas quantos de nós já nem se escutam mais? Quantos que me leem seguem o lema: “Deixa a vida me levar”? Ou acreditam que fazem o que gostariam, mas lá no fundo guardam sonhos que nunca foram para o papel? E porque não?

Durante a nossa trajetória temos muitas alegrias, conquistas, reconhecimentos, aprendizados, tristezas e dores. Todos esses acontecimentos desde a infância até hoje foram nos transformando nas pessoas que nos tornamos: caráter, comportamentos, valores, medos, traumas, entre outros. E o que acontece com a maioria de nós? Muitos não alcançam o que sonham ou fazem o que gostariam porque nem sequer sabem como são, como funcionam, daí a importância do autoconhecimento.

Autoconhecimento é fundamental para nos desenvolvermos melhor. Sabe toda essa metodologia e boas práticas utilizadas para melhorar a gestão ensinada pelo Gespública? Use-as para ajudar você a ser uma pessoa melhor para você mesmo, para a sua família, amigos e porque não à instituição a qual você pertence?

Elabore seu diagnóstico situacional: Quem é você? Onde você está? Você se tornou a pessoa que gostaria? O que você faz? Você faz porque quer ou está querendo agradar mamãe e papai (ou quem mais você quiser incluir nessa lista)? É a sociedade que diz o que você precisa fazer? Ou você está fazendo seu caminho?

Faça uma análise SWOT: Quais são seus pontos fracos? Quais são seus pontos fortes? Quais as suas ameaças? Quais as suas oportunidades?

Descubra e desperte sua identidade funcional (Missão, Visão e Valores): Qual a sua razão de viver? Por que você está aqui? Qual sua missão de vida? Quais são os seus valores? Onde você quer chegar? Quais os recursos que você tem? Por que você quer isso? Isto realmente o realiza? Porque realiza?

Encontre essas respostas e a partir daí comece a pensar nas estratégias para alcançar o que tanto quer.

Faça o seu plano de ação.

Monitore, acompanhe se está no caminho desejado, saiba lidar com os imprevistos, resolva o que tiver que resolver e retome o foco até que alcance os resultados esperados. O planejamento não precisa ser engessado, ele precisa ter uma boa base para que você não perca o foco. Apegue-se as suas fortalezas, utilize-as a seu favor e trabalhe para mitigar suas fraquezas.

Antes de ter uma instituição de excelência, precisamos ser pessoas melhores, então permita-se e se conheça. Melhore a você a mesmo, e siga com a certeza de que pode transformar não só a sua instituição, mas o mundo.

Autora: Renata Sousa Cantanhêde Braga é Consultora ad hoc do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GesPública), Analista de Tecnologia da Informação e Arquiteta e Urbanista. Especialista em Governança de Tecnologia da Informação, Líder Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) e Academia Brasileira de Coaching (Abracoaching), Analista Comportamental e Professional e Self Coach pelo IBC.

Data de Publicação: 
segunda-feira, 20. Fevereiro 2017 - 11:16
Núcleo Estadual: