Palestra sobre melhoria da gestão pública é apresentada na SUFRAMA

Serviços públicos e excelência em gestão foram debatidos!

Fonte: SUFRAMA - Texto: Enock Nascimento / Fotos: Diego Queiroz

Como forma de aprimorar as diretrizes da Política de Atendimento ao Cidadão da SUFRAMA e possibilitar um debate sobre questões relacionadas à excelência em gestão pública, foi ministrada nesta quinta-feira (3), no auditório da sede da autarquia, uma palestra sobre o funcionamento do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública). A apresentação, realizada pelo técnico do Departamento de Modernização da Gestão Pública (Inova) ligado à Secretaria de Gestão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Esaú Mendes Siqueira, ocorreu durante a reunião do Comitê Central de Planejamento e Coordenação Administrativa (Coplan) da SUFRAMA.

 

Na ocasião, a superintendente Rebecca Garcia destacou que a adoção pela SUFRAMA de medidas de aprimoramento da gestão para atender às expectativas e demandas do cidadão, entre as quais a criação do Serviço de Atendimento ao Usuário do Sistema SUFRAMA (SAC-SUFRAMA), deve-se à compreensão de que um dos principais objetivos das instituições públicas é entregar serviços de qualidade aos seus diversos públicos. “Todos nós também somos cidadãos. Pagamos uma carga elevada de impostos. Logo, é justo que todo cidadão receba um serviço à altura do que paga”, frisou.

 

A superintendente ressaltou ainda que a interação dos servidores da autarquia com profissionais do Gespública amplia a compreensão das ações de melhoria da gestão que estão sendo implementadas em todo o governo federal. "O Gespública é um importante programa vinculado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que tem por objetivo apoiar o desenvolvimento e a implantação de ações de melhoria da gestão pública, então aproximar a SUFRAMA desta iniciativa é muito positivo, pois assim encontraremos cada vez mais respaldo do governo federal em nossas ações", complementou.

 

O técnico do Gespública, Esaú Mendes, explicou que o programa foi instituído pelo Decreto nº 5.378, de 23 de fevereiro de 2005, com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e aumentar a competitividade do País. “O serviço público possui um modelo de excelência de gestão pública constituída por elementos integrados como governança, estratégia e planos, público-alvo, interesse público e cidadania, informação e conhecimentos, pessoas, processos e resultados. Esses elementos orientam a adoção de práticas de excelência em gestão com a finalidade de levar as organizações públicas a padrões elevados de desempenho e de qualidade em gestão. Além disso, esse modelo permite também que órgãos públicos possam identificar e atuar na implementação de ciclos contínuos de avaliação de seus sistemas de gestão”, detalhou Mendes.

 

Ele também salientou a importância de ações como a elaboração da “Carta de Serviços ao Cidadão" - documento que informa aos cidadãos como acessar e obter os diversos serviços prestados pelas instituições - e do uso da ferramenta “Pesquisa.gov”, por meio da qual é possível aos órgãos públicos realizarem, gratuitamente, pesquisas públicas a fim de tabular informações e tomar decisões mais efetivas. “É uma ótima ferramenta para pesquisas sobre a avaliação da imagem institucional ou clima organizacional. É um mecanismo que permitirá o aprimoramento da gestão a partir do monitoramento e do acompanhamento da efetividade dos atos adotados”, explicou.

 

GT Atendimento

 

À tarde, o representante do Gespública teve reunião com servidores atuantes no Grupo de Trabalho (GT) para o estabelecimento da Política de Atendimento ao Cidadão na SUFRAMA e convidados. De acordo com o economista e coordenador do GT, Renato Freitas, o objetivo da reunião foi definir um cronograma de ações e detalhar passos futuros para que a SUFRAMA possa aderir ao programa Gespública. “Com isso, poderemos realizar oficinas para autoavaliação na instituição a fim de atingirmos metas como a confecção da Carta de Serviços ao Cidadão e a elaboração dos indicadores de desempenho e da pesquisa de satisfação dos clientes”, afirmou Freitas.

 

 

Data de Publicação: 
sábado, 5. Novembro 2016 - 10:11