Regional do FGTS de Santa Catarina avança na implantação do modelo de excelência em gestão

Gilson, Fernanda, Marcelo e Flávio na validação do IAGP

Regional do FGTS de Santa Catarina avança na implantação do modelo de excelência em gestão

Gilson, Fernanda, Marcelo e Flávio na validação do IAGP

Após submeter-se ao instrumento do GesPública de auto-avaliação da gestão na modalidade de 500 pontos, em setembro de 2010, a Regional de Sustentação ao Negócio Administrar o FGTS, da Caixa Econômica Federal (CEF), em Florianópolis, passou por validação externa conduzida pela Coordenadora Estadual do GesPública Santa Catarina, Fernanda Almeida. Os procedimentos foram concluídos no dia 11 de agosto de 2011 com as participações do Gerente da Regional de Sustentação, Marcelo Boeing, e dos demais coordenadores do FGTS, como os funcionários da CEF e voluntários do GesPública, Gilson Giotto e Flávio Simão.A história da adesão ao Programa Nacional GesPública por parte da Superintendência Nacional de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (SUFUG – Matriz) e da Regional do FGTS, de Florianópolis, remonta a 2005, quando a direção nacional da SUFUG desenvolveu um conjunto de ações com o propósito de sistematizar sua constante busca pelo estado da arte na gestão do FGTS. Esse conjunto de ações deu origem ao programa denominado “A Excelência do FGTS”. O programa teve como premissas a clarificação dos papéis da CAIXA na gestão do FGTS, o aprimoramento da atuação integrada das Regionais do FGTS e Agências da CAIXA, a otimização e a conformidade dos processos, a melhoria do atendimento e a estruturação de plano de ação específico.Avançar rumo à excelência do FGTS era fundamental para a CAIXA, tendo em vista a relevância dos resultados apresentados para a organização, exigindo atuação incisiva de todos na redução dos riscos, otimização dos resultados e plena satisfação dos cidadãos clientes. No ano seguinte, objetivando avançar com o Programa, a SUFUG candidatou-se ao Prêmio Nacional de Gestão Pública – PQGF, do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GesPública, e submeteu seu processo de gestão à avaliação segundo critérios reconhecidos nacionalmente.Já em sua primeira participação, a SUFUG foi reconhecimento com a Faixa Prata do PQGF, fato de destaque, uma vez que muitas organizações demoram alguns anos para serem reconhecidas. O evento de reconhecimento foi realizado no Palácio do Planalto, com a entrega do Prêmio pelo Vice-presidente da República às organizações reconhecidas, contando com a participação de Ministros de Estado, políticos, da Presidenta da CAIXA, do Vice-presidente da VIFUG, Executivos da CAIXA, imprensa e convidados.A adoção do Modelo de Excelência em Gestão Pública pela SUFUG e suas unidades vinculadas, a partir de 2006, possibilitou a uniformidade e o alinhamento da gestão praticada em todas as unidades do FGTS. Após o reconhecimento da SUFUG na Faixa Prata do PQGF, em 2006, as Regionais do FGTS foram estimuladas a submeter seus processos de gestão à avaliação de entidades externas, nos Prêmios Regionais, dando início a uma nova fase do Programa “A Excelência do FGTS”, voltada para avaliação da gestão e para atuação com foco na maximização dos pontos fortes e correção das oportunidades de melhoria.Ao final do ano de 2010, a SUFUG contabilizava seis Regionais reconhecidas nas faixas Medalha de Ouro (Rio de Janeiro), Ouro (Fortaleza e Manaus) e Bronze (Campinas, Recife e São Paulo); quatro Regionais certificadas em processos de auto-avaliação pelo GesPública e outras seis em fase de conclusão da auto-avaliação.

Data de Publicação: 
terça-feira, 16. Agosto 2011 - 17:22
Núcleo Estadual: